Como Declarar Plano Odontológico no Imposto de Renda 2024

Declarando Plano Odontológico no IRPF 2024: Guia Completo

Aprenda como declarar seu plano odontológico no IRPF 2024 e maximize suas deduções.
Como Declarar Plano Odontológico no Imposto de Renda 2024

Declarar corretamente seu plano odontológico no Imposto de Renda pode ajudar a reduzir o montante devido ou aumentar sua restituição.

É possível abater integralmente os gastos com plano odontológico, desde que você utilize o modelo completo de declaração.

Aqui está um guia claro sobre como fazer isso para o IRPF 2024.

Quando Declarar Gastos Odontológicos no Imposto de Renda?

Você deve declarar o plano odontológico se for o titular do plano e responsável pelos pagamentos das mensalidades.

Caso o plano seja custeado integralmente pela empresa onde trabalha, a responsabilidade de declará-lo é da empresa, e você não deve incluí-lo em sua declaração pessoal.

Como Declarar Gastos Odontológicos no Imposto de Renda?

Para declarar os gastos com seu plano odontológico, acesse a ficha de “Pagamentos Efetuados” no software da Receita Federal, utilizando o código 26 – Planos de Saúde no Brasil.

Informe o valor total pago ao longo do ano no campo “valor pago”, além do nome e CNPJ da operadora do plano.

Lembre-se de que cada dependente deve ser declarado separadamente se também estiverem cobertos pelo plano.

Dedução dos Gastos com Plano Odontológico

Não existe um limite estabelecido para a dedução de gastos com saúde, incluindo despesas odontológicas pagas pelo beneficiário.

Isso significa que você pode deduzir a totalidade dos valores pagos ao plano, contanto que você tenha efetuado os pagamentos e não tenha sido reembolsado por eles.

Plano Odontológico Empresarial

Se seu plano odontológico é fornecido e pago pela sua empresa, e não há coparticipação de sua parte, não há necessidade de declarar esses valores, pois não são considerados despesas médicas dedutíveis em sua declaração pessoal.

Gastos com Dependentes

Se você incluiu dependentes em seu plano odontológico, também pode deduzir os pagamentos feitos por essas coberturas.

Certifique-se de incluir os detalhes de cada dependente e os valores correspondentes na declaração para garantir a dedução adequada.

Documentação Necessária

Ao preparar sua declaração, organize todos os comprovantes de pagamento do plano odontológico, assim como informações fornecidas pela operadora, como o informe de pagamentos.

Esses documentos são essenciais caso a Receita Federal solicite verificações adicionais.

Conclusão

Declarar seu plano odontológico no Imposto de Renda não apenas é uma prática correta como também pode ajudar a diminuir sua carga tributária.

Lembre-se, se tiver dúvidas mais específicas ou situações complexas, é sempre recomendável consultar um contador ou outro profissional qualificado.

Não se esqueça de compartilhar essas informações úteis em suas redes sociais para ajudar outros contribuintes a ficarem por dentro das obrigações fiscais!

Graduado em Direito e Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito Tributário, Direito Administrativo, Direito Constitucional e Direito Processual Civil.